Ação Social beneficia população do bairro Itaipu em Belford Roxo

O projeto “Cidadania em Ação” beneficiou na última sexta-feira (26), cerca de 1.300 moradores do bairro Itaipu. A ação social é uma iniciativa da Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Assistência Social e Cidadania em parceria com a Fundação de Desenvolvimento Social de Belford Roxo (Funbel). Serviços sociais como vaga legal, ID Jovem, passe interestadual, vale social, reconhecimento de paternidade e maternidade voluntário, casamento civil, isenção da segunda via da carteira de identidade, certidões de nascimento, casamento e óbito, retificação da certidão, segunda via do CPF e cartão do SUS, Procon, serviços de beleza, cadastro único e bolsa família foram oferecidos além de vacinação contra a febre amarela. A novidade é que agora a equipe da Ouvidoria Itinerante realiza atendimento durante o evento.

Segundo a secretária de Assistência Social e Cidadania, Daniela Carneiro, a ação social visa fazer com que a população tenha acesso a serviços gratuitos nas áreas social e de saúde. “Estamos trabalhando arduamente para que a população tenha uma melhor qualidade de vida. A maioria dos moradores não tem condições ou tempo de obter esses serviços e sempre nos agradece pela ação social”, disse a secretária que informou ainda que a partir de março o projeto será realizado duas vezes por semana. “Devido à grande demanda, iremos realizar o projeto Cidadania em Ação todas as quartas e sextas-feiras", finalizou Daniela.

Segundo o Coordenador da Funbel, Wanderson Mapa, os serviços mais buscados pela população foram isenção para segunda via de identidade, CPF e cartão do SUS, vacinação e bolsa família. A presidente da Associação de moradoras do Jardim das Acácias em Itaipu, Elza Santos da Silva, 80 anos, falou sobre a ação social. “Enviei um ofício para a secretária Daniela solicitando o projeto Cidadania em Ação em Itaipu, pois nossa população é muito carente. Moro aqui há mais de 50 anos e essa é a primeira vez que temos acesso a esses serviços”, disse Elza.

A balconista, Suelen Cristina dos Santos, 31, aproveitou o dia para obter os serviços gratuitos da ação social. “Moro no bairro desde que nasci e sei como é difícil para os moradores daqui terem acesso a esses serviços. Gostei bastante da ação. Aproveitei para pegar isenção da segunda via de identidade e da certidão de nascimento para o meu marido”, disse Suelen. Enquanto caminhava próximo ao local do evento, Jacir Batista Vieira, 37, foi informado sobre a ação social e aproveitou para conferir de perto. “Soube que também estavam vacinando no evento. Não dei mole e fui logo garantir a minha dose”, enfatizou Jacir. 

Bonde de Santa Teresa volta a operar até a Rua Fra...
PMM E PETROBRAS FIRMAM ACORDO E OBRAS RECOMEÇAM NA...