Famílias da comunidade Teixeira Mendes recebem as chaves de suas novas moradias

O domingo foi de emoção e muita alegria em Duque de Caxias. Dando continuidade ao maior programa de reassentamento urbano do Estado do Rio de Janeiro, o prefeito Washington Reis, acompanhado do ministro das Cidades, Alexandre Baldy, do vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Nelson Antônio de Souza, do deputado federal Áureo, do deputado estadual Rosenverg Reis e de demais autoridades municipais, estaduais e federais, iniciou a entrega escalonada das chaves aos novos moradores do Residencial Mendoza, no bairro São Bento, na manhã deste domingo, 28/01.


Os residenciais Mendoza, Bolonha e Florência fazem parte do empreendimento São Bento e contemplam, ao todo, mais de 5 mil pessoas em 900 apartamentos construídos através do PAC - Programa de Aceleração do Crescimento. As famílias beneficiadas moravam em condições precárias na comunidade Teixeira Mendes, também conhecida como Dique I, às margens do Rio Sarapuí, em Duque de Caxias. Todas as famílias que estão sendo transferidas para o empreendimento São Bento foram cadastradas pelo Instituto Estadual do Ambiente – INEA. 
Aos poucos, de acordo com a mudança dos moradores, as antigas casas estão sendo demolidas pela Secretaria Municipal de Obras que, junto com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação ajudam as famílias no transporte de seus bens para as novas moradias. Onde atualmente encontra-se a comunidade, a Prefeitura entregará, em breve, o viaduto do Gramacho, que será construído pelo Executivo Municipal com recursos federais. Uma das beneficiadas nesta fase do programa, Angélica Alves Cabral, 38 anos, foi a primeira moradora a receber suas chaves, entregues pelo prefeito e pelo ministro. 
"Morava em uma casa muito precária, em uma situação difícil com meu marido e dois dos meus filhos lá na Teixeira Mendes. Estamos muito felizes em receber nosso apartamento. Aqui, vamos poder ter nossas coisas direito e vamos ser muito mais felizes", destacou Angélica, que é camareira e trabalha em Ipanema. Mãe de três filhos, ela contou que a vida vai ficar muito melhor na nova moradia. 
O prefeito Washington Reis disse que a prefeitura enfrentou problemas mas que não desistiu de beneficiar as famílias do Dique I, no bairro Sarapuí. Informou ainda que tem vários projetos que vão atender famílias que residem em áreas críticas. “Onde tiver famílias morando em áreas de risco, não vamos desistir de ajudá-las. Temos que governar para todos. Nosso governo é de responsabilidade e de justiça social”, destacou o prefeito.
O ministro das Cidades Alexandre Baldy disse que vem acompanhando o trabalho e a garra do prefeito Washington Reis que não se cansa e luta para dar mais dignidade aos moradores de Duque de Caxias. “Temos que dar as mãos para escutar aqueles que sofrem e hoje estamos celebrando mais um desafio conquistado. Esse é um compromisso do presidente Temer e do prefeito Washington Reis”, destacou o ministro, acrescentando que “precisamos dar mais dignidade para essas famílias que necessitam”.
Cada apartamento possui 42 m² e conta com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. As unidades também são adaptadas para pessoas com necessidades especiais. Além de Angélica, para outros dois novos moradores transferidos para os apartamentos neste domingo, o sonho de toda vida foi realizado. 
Iolanda Gonçalves de Oliveira, 69 anos, morou na Rua Teixeira Mendes muitos anos e disse: "Estou realizando um sonho. Não sei quantas vezes perdi as coisas dentro de casa nos dias de chuva por causa do Rio Sarapuí", disse a senhora que mora com uma sobrinha. Fernando do Carmo Coelho, 55 anos, beneficiário do INSS por problemas na coluna, comemorou. "Depois de muitos anos de luta, sacrifício e momentos ruins estou indo morar em um local seguro. Graças a Deus estou realizando meu sonho e de muitos amigos do Sarapuí”.

Desemprego fica em 11,8% no 4º trimestre de 2017
Bolsonaro lidera em cenário sem Lula, diz Datafolh...