MAGÉ inicia vacinação contra Febre Amarela

A Secretaria Municipal de Saúde de Magé antecipa a campanha de vacinação contra febre amarela e está imunizando a população. A ação que começaria no dia 19 de fevereiro, já começa na rede de USFs (Unidades de Saúde da Família) e no Centro de Imunização nesta segunda-feira (15).

A medida preventiva foi adotada após a confirmação da morte de uma pessoa em Teresópolis pela doença e outra vítima internada em Valença, divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde.

“Com esse novo planejamento a campanha terá dois dias “D”, nos sábados (27 de janeiro e 24 de fevereiro) escolhidos para facilitar o acesso dos moradores que trabalham durante a semana e não têm como ir até aos pontos de vacinação. O projeto da Secretaria Municipal de Saúde, Vigilância Itinerante também fará ações nos bairros em que o acesso aos postos é mais distante. E é importante destacar que quem já tomou a vacina, não precisa tomar outra dose”, de acordo com a secretária Carine Tavares.

Magé já estava se preparando para a campanha federal anunciada pelo Ministério da Saúde para os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia com doses fracionadas da vacina, com início em 19 de fevereiro até 9 de março. Quem for nos postos de saúde nesse período da campanha federal e tomar a vacina fracionada, terá uma etiqueta na carteira de vacinação indicando que terá que tomar nova dose após oito anos.

Alguns públicos não são indicados para receber a dose fracionada, portanto irão participar da campanha recebendo a dose padrão: crianças de 9 meses a menores de dois anos; pessoas com condições clínicas especiais (vivendo com HIV/Aids, ao final do tratamento de quimioterapia, pacientes com doenças hematológicas, entre outras), gestantes e viajante internacional (devem apresentar comprovante de viagem no ato da vacinação). A vacinação fracionada é recomendada para pessoas a partir dos dois anos.

A vacina é contraindicada para pacientes em tratamento de câncer, pessoas com imunossupressão e pessoas com reação alérgica grave à proteína do ovo. No caso dos idosos, a vacinação deverá ser aplicada após avaliação dos serviços de saúde. A vacinação contra febre amarela impede a doação de sangue por um período de quatro semanas. As pessoas devem realizar a doação de sangue antes da vacinação para manutenção dos estoques de hemocomponentes.

Profissionais avaliam população para atividades fí...
Prefeitura de São João realiza reunião pública com...