Ex-Deputado Márcio Panisset é preso por posse ilegal de arma de fogo

O ex-secretário municipal de Saúde de São Gonçalo Márcio Panisset foi preso na tarde de ontem (24) em sua residência na Região de Pendotiba, em Niterói, acusado de porte ilegal de arma.

A ação foi realizada por agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) em cumprimento a um mandato de busca e apreensão expedido pelo Ministério Público (MP) para averiguação de documentos.

Durante as buscas uma pistola de calibre restrito foi encontrada na residência de Panisset que recebeu voz de prisão e foi encaminhado para 79º DP (Jurujuba), onde segue até esta quarta e, quando será transferido para o sistema penitenciário. Márcio Panisset é réu em processo do MP por improbidade administrativa. O MP não informou a causa da operação alegando que todas as informações estão correndo na Justiça em sigilo.

“A operação foi toda feita pelo Gaeco e ele foi preso em flagrante porque foi encontrada uma arma de uso restrito. Esse é um crime inafiançável e será encaminhado para o presídio amanhã”, afirmou a delegada Hellen Sardenberg, titular da 79ª DP (Jurujuba).

Márcio Panisset é irmão da ex-prefeita de São Gonçalo Aparecida Panisset. Ele já foi secretário de Saúde duas vezes na cidade, ambas em gestões da irmã. Em 2016, o ex-deputado teve seus bens bloqueados por supostas fraudes na pasta. Ele e mais 29 pessoas foram acusados pelo Ministério Público estadual de usar exames e pacientes “fantasmas” em clínicas e laboratórios conveniados. Segundo a investigação, as consultas, nunca realizadas, viravam guias de pagamento do SUS. As transações ocorreram entre 2005 e 2010.

Foragido da Justiça é preso em casa do show em Ita...
Candidatos ao mais alfabetização entregam document...