Proeis: mais de 100 PMs já aderiram ao programa em Niterói

Policiais atuam em diversos pontos da cidade, como Terminal Rodoviário, Largo da Batalha e Icaraí 

Nesta semana, Niterói já contabilizou 106 policiais militares nas ruas devido ao Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis). No início do mês, a média de profissionais atuando na cidade foi de 78 a 97 PMs. O programa é custeado integralmente pela Prefeitura, através de convênio firmado com a PM, e disponibiliza 150 vagas diárias para que PMs, até mesmo de outros batalhões, realizem patrulhamento pelas ruas do município em seus horários de folga.

Continuar lendo

No aniversário de Niterói, a Prefeitura vai entregar 220 imóveis no Baldeador a vítimas de tragédias

A Prefeitura de Niterói vai entregar, no dia 22 de novembro, aniversário da cidade, as chaves de 220 apartamentos a famílias vítimas de tragédias na cidade inscritas em programas sociais no município e que recebem aluguel social. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (22) pelo prefeito Rodrigo Neves durante visita ao empreendimento que está sendo erguido na Estrada Bento Pestana, no Baldeador, e faz parte do Programa Morar Melhor, com recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida, da Caixa Econômica Federal.

Continuar lendo

No aniversário de Niterói, a Prefeitura vai entregar 220 imóveis no Baldeador a vítimas de tragédias

A Prefeitura de Niterói vai entregar, no dia 22 de novembro, aniversário da cidade, as chaves de 220 apartamentos a famílias vítimas de tragédias na cidade inscritas em programas sociais no município e que recebem aluguel social. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (22) pelo prefeito Rodrigo Neves durante visita ao empreendimento que está sendo erguido na Estrada Bento Pestana, no Baldeador, e faz parte do Programa Morar Melhor, com recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida, da Caixa Econômica Federal.

Continuar lendo

Abertura do mergulhão José Vicente Filho ao tráfego de veículos já apresenta impacto positivo no trânsito do Centro

O primeiro dia útil de operação do mergulhão José Vicente Filho, na Praça Renascença, Centro de Niterói, já trouxe impacto positivo para os motoristas que circulam pela região diariamente. Entre 6h e meio-dia, foram 1.380 veículos passando pela nova via. Em toda a região da Praça Renascença foram 2.760 veículos no mesmo período. Já no início do rush da tarde/noite, entre 17h e 18h, passaram pelo novo mergulhão 4.260 veículos. Na região da Praça Renascença foram 8.520 veículos trafegando num intervalo de apenas uma hora.

Continuar lendo

Mergulhão José Vicente Filho foi inaugurado e aberto ao trânsito neste sábado em Niterói

O Mergulhão José Vicente Filho, na Praça Renascença, foi inaugurado neste sábado (19) e aberto ao trânsito no final da manhã, já melhorando a mobilidade na região onde está localizado. A obra foi executada pela Ecoponte, como contrapartida pela concessão da Ponte Rio-Niterói, em parceria com a Prefeitura de Niterói. Além do prefeito Rodrigo Neves e de representantes da Ecoponte, a cerimônia de inauguração contou com a presença do Ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, representantes do Ministério dos Transportes, do vice-prefeito do Rio de Janeiro, Fernando Mac Dowell, deputados, secretário municipais e vereadores, além da família do ex-vereador José Vicente Filho.

 

O prefeito Rodrigo Neves destacou a importância do mergulhão. “Hoje foi um dia especial para Niterói. Essa obra era esperada há décadas e vai melhorar muito a mobilidade de quem mora no Fonseca, na Engenhoca, no Barreto e na Ilha da Conceição. E eu fico orgulhoso porque essa obra é resultado da união de esforços, de parceria. E essa é uma marca da nossa gestão, a busca de resultado, de transparência e união de esforços”, disse Rodrigo Neve.

 

Rodrigo Neves lembrou ainda que o mergulhão vai melhorar a mobilidade em Niterói e as pessoas gastarão menos tempo nem deslocamentos. “O mergulhão José Vicente Neto vai melhorar muito a mobilidade no Centro e na Zona Norte da Cidade. E melhorar a mobilidade no trânsito é melhorar a qualidade de vida. As pessoas vão perder menos tempo no trânsito para ficar mais tempo com suas famílias”, disse.

 

O ministro Moreira Franco disse que a inauguração deste sábado simboliza o sucesso da política de privatizações do governo federal. “Essa obra representa o acerto na política de concessões, com contrapartidas que beneficiem a população. Ela mostra a qualidade do serviço prestado pela concessionária em parceria com a prefeitura que vai melhorar a vida do niteroiense”, destacou o ministro.

 

O mergulhão foi aberto ao trânsito ao termino da solenidade, no final da manhã, e já mostrou sua importância. Em poucos minutos foi desfeito o engarrafamento do Centro em direção à Zona Norte da cidade e à São Gonçalo. Durante a semana, o mergulhão deve desafogar o tráfego na região, facilitando, inclusive, o fluxo das centenas de ônibus que seguem diariamente do Terminal Rodoviário João Goulart em direção à Zona Norte e a São Gonçalo. No sentido contrário, ficará mais fácil o acesso à Avenida Jansen de Mello.

 

 

A construção do mergulhão é uma obra da Ecoponte, como contrapartida pela concessão da Ponte Rio-Niterói, em parceria com a Prefeitura de Niterói. A passagem subterrânea escavada sob a pista sentido Fonseca da Avenida Feliciano Sodré tem cerca de 500 metros de extensão (150 metros de trecho subterrâneo) e levou dez meses para ficar pronta. 

 

A NitTrans atuará no entorno do mergulhão neste final de semana com sete agentes, sendo dois na entrada e um na saída do mergulhão; dois na Jansen de Mello (próximo ao supermercado Guanabara) e dois no Ponto Cem Réis; além de duas viaturas; uma moto e dois reboques (um leve e um pesado). Esse esquema de trabalho deve ser mantido ao logo a semana até que os motoristas se familiarizem com as novas rotas.

 

Mudanças no trânsito - Quem sai de Icaraí e do Centro em direção à Alameda São Boaventura passará a contar com três alternativas para acessar a via. Já quem vai para a Avenida do Contorno, basta seguir pela Jansen de Mello. Os motoristas que seguem para a Alameda pela Marquês do Paraná podem acessar a Rua São Lourenço, Avenida Benjamin Constant e a Rua Padre Leandro (atrás da igreja São Lourenço, no Ponto Cem Réis) chegando à Alameda. Outra alternativa é seguir pela Avenida Jansen de Mello, acessar a Rua Desidério de Oliveira e a Avenida Washington Luiz. E a terceira é seguir pela Jansen de Mello, acessar o retorno próximo ao 12 BPM, virar a direita na Rua Heitor Carrilho (rua da Imprensa Oficial) seguir até a Rua Manoel Pacheco de Carvalho e acessar o mergulhão.

 </p> <p style="text-align: justify;">Para os motoristas que vêm da Contorno e da Alameda e precisam voltar para a Contorno, terão que acessar o retorno na Praça Renascença (embaixo da Ponte Rio-Niterói). E os motoristas que fazem este trajeto e precisam seguir para Icaraí e Centro, devem acessar a Avenida Feliciano Sodré e a Avenida Jansen de Mello, como está sendo feito atualmente, ou seguirem direto pela Avenida Feliciano Sodré.

 

Quem sai da Ilha da Conceição em direção à Avenida do Contorno ou Alameda São Boaventura deve seguir pela Avenida Feliciano Sodré, Jansen de Mello, dobrar à direita na Rua Heitor Carrilho até a Rua Manoel Pacheco de Carvalho e acessar o mergulhão.

 

Meio ambiente - A Praça Renascença será entregue à população reformada assim que o canteiro de obras for retirado, com tratamentos paisagístico e urbanístico refeitos pela concessionária. O investimento é de R$ 70 milhões. Cento e trinta e seis árvores foram suprimidas para realização da obra, com compensação ambiental de mil árvores de espécies nativas de Mata Atlântica (no entorno da obra e nos taludes próximos à praça do pedágio).

Continuar lendo

Niterói realiza sexta e sábado sua I Conferência de Vigilância em Saúde

 

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) e o Conselho Municipal de Saúde organizam a I Conferência Municipal de Vigilância em Saúde nessa sexta (18) e no sábado (19) no Bloco F da Universidade Federal Fluminense (UFF), Campus do Gragoatá. Com o tema "Politica Nacional de Vigilância em Saúde e o Fortalecimento do SUS como Direito à Proteção e Promoção da Saúde do Povo Brasileiro”, o evento vai reunir usuários do sistema de Saúde, profissionais, gestores, professores, alunos e representantes da sociedade organizada para avaliar, discutir e propor propostas para a política municipal nas áreas de Vigilância Sanitária, Ambiental, Epidemiológica e da Saúde do Trabalhador do município.

Continuar lendo

Prefeito sanciona lei que dá o nome do ex-vereador José Vicente Filho ao Mergulhão da Praça Renascença

O prefeito Rodrigo Neves sancionou nesta quarta-feira (17) a Lei que dá ao Mergulhão na Praça Renascença, no Centro de Niterói, o nome do ex-vereador José Vicente Filho, morto em novembro do ano passado. Projeto de lei do vereador licenciado Luiz Carlos Gallo de Freitas (PPS), nesse sentido, foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Niterói. A viúva, dona Selma, os dois irmãos, José Carlos e José Augusto, duas filhas e uma neta do ex-vereador acompanharam a sanção da lei, ao lado do vice-prefeito eleito, Comte Bittencourt, e de dez vereadores, incluindo o presidente da Câmara, Paulo Bagueira. José Vicente Filho foi vereador de Niterói por onze mandatos, totalizando mais de 45 anos de vida pública.

O mergulhão da Praça Renascença, que será inaugurado no próximo sábado, é uma obra da Ecoponte, como contrapartida pela concessão da Ponte Rio-Niterói, em parceria com a Prefeitura de Niterói. Com cerca de 500 metros de extensão, a obra vai desafogar o tráfego na região, facilitando, inclusive, o fluxo das centenas de ônibus que seguem diariamente do Terminal Rodoviário João Goulart em direção à Zona Norte e a São Gonçalo. No sentido contrário, ficará mais fácil o acesso à Avenida Jansen de Mello.

Antes de assinar a lei, Rodrigo Neves ressaltou o bom humor e a dedicação do ex-vereador por Niterói. “José Vicente sempre foi um homem de bom coração. Sentimos muito a falta dele. Dar seu nome ao mergulhão foi uma justa homenagem a quem fez muito por nossa cidade. Essa obra era esperada há muito tempo pelo niteroiense e vai melhorar a vida de quem passa por ali. Com essa homenagem, o José Vicente, que já estava no coração de muitas gerações, vai ser lembrado pelas próximas, que cruzarão este caminho sem os transtornos dos dias de hoje”, disse o prefeito.

Comte Bittencourt disse que a homenagem foi merecida porque José Vicente dedicou sua vida à cidade. “Ele era um apaixonado por Niterói e o mergulhão fortalece esse simbolismo de união entre as várias regiões da cidade, o que ele defendia”, afirmou o vice-prefeito.

Continuar lendo

Policiais civis, militares e guardas municipais que atuam em Niterói receberão auxílio de R$ 2 mil

A Prefeitura de Niterói pagará gratificação de R$ 2 mil para cada um dos dois mil policiais civis, militares e guardas municipais que atuam na cidade. A medida foi anunciada pelo prefeito Rodrigo Neves nesta quarta-feira (16/8). Segundo Neves, apesar de segurança pública ser uma atribuição constitucional do Governo do Estado, a gestão municipal vem adotando uma série de ações para colaborar com o Estado no combate à violência.

Continuar lendo

Em Niterói, Parque das Águas fica pronto em setembro

Em visita às obras do local, prefeito informa que cronograma está sendo cumprido e que inauguração do espaço deverá ocorrer até o fim do próximo mês

Uma das principais áreas de lazer em revitalização em Niterói, o Parque das Águas, no centro da cidade, entrou em fase final de acabamento e deverá ser entregue até o fim do próximo mês.

Nesta terça-feira, 15/8, o prefeito Rodrigo Neves vistoriou o local e conversou com técnicos e operários. Ao final da visita, que durou cerca de uma hora, Neves fez uma avaliação do local e de sua importância para a região:

“Essa é uma área do centro da cidade sem uso público, causado pela dificuldade de acesso. No entanto, esse projeto do Parque das Águas, com um programa de educação ambiental, cultura e lazer, tem o objetivo de incentivar a preservação dos recursos hídricos e naturais para as atuais e futuras gerações. Esse local é extraordinário e faz parte do Patrimônio Histórico de Niterói, pois é o primeiro grande reservatório de água construído na cidade, no fim do século XIX.”

O prefeito explica que o projeto tem o objetivo de transformar o espaço numa nova área de convivência para as famílias niteroienses.

“O Parque das Águas é um local muito especial que muitos niteroienses não conhecem. O projeto que está sendo executado integra o conjunto de ações com foco na sustentabilidade ambiental que temos desenvolvido ao longo dos últimos três anos. Nesse período, fizemos o plantio de milhares de árvores, protegemos áreas verdes com o Parnit, incentivamos o uso da bicicleta.
Tenho certeza que, assim como o Skatepark de São Franscico, o Horto de Itaipu e o novo Horto do Fonseca, esse novo parque, mais acessível e mais organizado, e com estrutura adequada para receber visitantes será um novo espaço, de encontro e convivência”, explica o prefeito.

Rodrigo Neves afirmou, ainda, que o cronograma da obra segue dentro do programado e que a inauguração do Parque das Águas deverá ocorrer no próximo mês.


O Parque das Águas

O parque ocupa uma área de 32 mil metros quadrados do Morro da Detenção, tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), e abriga uma das últimas áreas verdes numa das regiões mais densas da cidade. No local foi construído, no século XIX, um sistema para o abastecimento de água para a cidade e que, ainda hoje, distribui água para alguns bairros.

A Prefeitura de Niterói incluiu o parque entre as prioridades para os investimentos do Projeto de Desenvolvimento Urbano e Inclusão Social de Niterói (PRODUIS), com recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O investimento é de R$ 7,8 milhões.

As intervenções em andamento incluem a construção de um elevador de acesso para a população em geral, com atenção para cadeirantes e portadores de necessidades especiais, criação de um espaço de lazer e de convívio e reforma de um auditório. O parque também será um local de treinamento para a Defesa Civil e os voluntários dos Núcleos de Defesa Civil nas Comunidades (Nudecs).

Também estão previstas a recuperação da área verde, restauração dos jardins, caminhos, trilhas e melhoria da drenagem; além do planejamento do programa de educação ambiental, que terá como tema a água. Dentre os objetivos da revitalização, destaca-se ainda a realização de eventos culturais, como shows.

Continuar lendo

Plataforma digital da Engenhoca será entregue no dia do aniversário de Niterói

Obra é integrada à revitalização do Largo de São Jorge, que se tornará um boulevard

A Prefeitura de Niterói vai entregar à população o Centro Educacional Tecnológico da Engenhoca no dia do aniversário do município, 22 de novembro. As obras dessa plataforma digital, que estão a todo vapor, foram vistoriadas na manhã desta quinta-feira (10.08) pelo prefeito Rodrigo Neves. Paralelamente à plataforma digital, o Largo de São Jorge está sendo revitalizado e será transformado em um boulevard, com previsão de inauguração em outubro.

A plataforma digital e o boulevard são projetos que irão mudar o perfil do bairro da Zona Norte da cidade. As duas obras beneficiarão os moradores da região, especialmente crianças, adolescentes e idosos. Rodrigo Neves também anunciou que a prefeitura irá reformar a sede do destacamento da Polícia Militar que fica localizado na praça.

Para as obras de revitalização da área, o canal entre as avenidas João Mendes e Doutor Renato Silva está recebendo cobertura com lajes de concreto. Brinquedos acessíveis para crianças especiais já foram instalados. O espaço de lazer também ganhará mesas e bancos, além de uma academia da terceira idade.

O Centro Educacional Tecnológico é uma plataforma digital, cujo projeto é compartilhado entre as secretarias municipais de Educação e Projetos Estratégicos, Ciência e Tecnologia. A unidade contará com telecentro (espaço de universalização digital e de acesso à internet), estúdio de áudio, cinema comunitário para exposição de filmes, shows e outras atividades formativas e de entretenimento.  

O espaço terá, ainda, uma midiateca (sala de jogos interativos e educacionais), cursos de língua estrangeira na modalidade à distância, cursos de fotografia, entre outras atividades. Esta será a segunda plataforma digital a ser inaugurada pelo atual governo. A primeira funciona no  MACquinho, no Morro do Palácio, na Boa Viagem.

“A integração da plataforma digital com a área de lazer revitalizada marca o início de uma nova caminhada na Zona Norte, mostrando que a nossa gestão pública olha para todas as regiões da cidade. Os moradores da Engenhoca aguardam essas obras há muito tempo. Serão beneficiados com um equipamento tecnológico de ponta e um boulevard que vai mudar a cara do bairro”, afirmou o prefeito. 

Com a execução dos dois projetos, o investimento na região ficará em torno de R$ 5 milhões. A obra da plataforma digital tem valor de cerca de R$ 4 milhões, com recursos da Prefeitura. O deputado federal Sérgio Zveiter é autor de uma emenda que conseguiu R$ 1 milhão para a revitalização da praça e cobertura do canal, orçada em R$ 660 mil. Com o valor restante, de R$ 340 mil, será feita a revitalização de um campo de futebol da região.

Continuar lendo

Prefeito de Niterói faz última vistoria no Mergulhão da Praça Renascença antes da inauguração

Passagem subterrânea será aberta no próximo dia 19

Na manhã desta quarta-feira (9/8), o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, fez a última vistoria na obra do mergulhão da Praça Renascença, no Centro, antes da inauguração, que acontece no próximo dia 19. Acompanhado por sua equipe técnica, pelo secretário executivo de governo Axel Grael, e pelo diretor-superintendente da Ecoponte, Alberto Lodi, o prefeito conversou sobre o plano de tráfego no entorno da passagem subterrânea, que está recebendo os últimos ajustes, e ressaltou a importância desta obra para a mobilidade urbana da cidade.

A obra, uma parceria com a Prefeitura de Niterói, está sendo realizada pela Ecoponte, como contrapartida pela concessão da Ponte Rio-Niterói. De acordo com o prefeito, a integração das equipes da Prefeitura com a Ecoponte foi fundamental para o andamento da obra do mergulhão, que trará muitos benefícios para a cidade, principalmente para os moradores da zona Norte.

“Esta obra modifica a dinâmica na entrada da cidade. Tivemos a duplicação das avenidas Benjamin Constant e Contorno, que representou significativa melhora no trânsito, assim como o túnel Charitas-Cafubá, na Região Oceânica. Com a conclusão do mergulhão, iniciaremos ainda este ano, a obra de alargamento da Avenida Marquês do Paraná. Nosso objetivo é melhorar cada vez mais a mobilidade urbana e ampliar a malha cicloviária da cidade. Um dos projetos é a ciclovia na Alameda São Boa Ventura até o bairro São Lourenço”, diz o prefeito.

Mobilidade urbana - A passagem subterrânea, que está sendo escavada sob a pista sentido Fonseca da Avenida Feliciano Sodré, terá cerca de 500 metros de extensão (150 metros de trecho subterrâneo). A obra tem como objetivo desafogar o tráfego na região, facilitando, inclusive, o fluxo das centenas de ônibus que seguem diariamente do Terminal Rodoviário João Goulart em direção à Zona Norte e a São Gonçalo. No sentido contrário, ficará mais fácil o acesso à Avenida Jansen de Mello. 

Com a obra, quem segue pela Avenida Feliciano Sodré poderá acessar a Avenida do Contorno e a Alameda São Boaventura sem precisar contornar a Praça Renascença ou parar no sinal no cruzamento com a Jansen de Mello. Quem vier da Zona Norte e quiser acessar a Avenida Jansen de Mello, em direção à Zona Sul, passará por cima do mergulhão.

Continuar lendo

Niterói realiza 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde

Com o tema “Política Nacional de Vigilância em Saúde e o Fortalecimento do SUS como Direito à Proteção e Promoção da Saúde do Povo Brasileiro”, a Fundação Municipal de Saúde e o Conselho Municipal de Saúde de Niterói (CMS) promovem nos dia 18 e 19 deste mês, das 9h às 19h, a 1ª Conferência Municipal de Vigilância em Saúde (1ª CMVS). O evento vai reunir profissionais, alunos, professores e representantes da sociedade organizada no Bloco F da Universidade Federal Fluminense, Campus do Gragoatá, em Niterói (foto).

A conferência terá como objetivo avaliar e discutir a política municipal para o setor, que apesar da crise, vem crescendo a cada ano. Para isso, conselheiros do CMS, profissionais de saúde e líderes comunitários participaram de reuniões preparatórias para analisarem e discutirem o documento orientador do evento.

A 1ª CMVS pretende também divulgar as ações que vem sendo realizadas por toda Rede Municipal de Vigilância em Saúde, que reúne a Coordenação de Vigilância em Saúde (Covig), o Departamento de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses (Devic), o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).

Niterói, de acordo com dados do Devic, tinha até maio deste ano 2.388 comércios cadastrados que vendem alimentos, entre mercados, lanchonetes, bares, restaurantes e similares. Outro dado importante divulgado é que nestes últimos três anos, as equipes da Vigilância de Alimentos realizaram mais de sete mil inspeções, emitiram mais de 467 autos de infração e interditaram 30 estabelecimentos.

Irão participar da conferência a secretária de Saúde Maria Célia Vasconcellos, os chefes do Devic, Renato Alves; da Vigilância Sanitária de Alimentos, Silvia Malheiros; do CCZ, Francisco de Faria Neto; da Covig, Ana Eppinghaus; do setor de Informação, Educação e Comunicação em Saúde (IEC), Cláudio Moreira; da Seção de Medicamentos e Correlatos, João Carlos Felipe; do Setor de Controle de Vetores (Secov), Fernando Conceição; do setor de Engenharia Sanitária, Ricardo Coutto e da Vigilância Sanitária em Serviços de Saúde, Fabíola Ambrósio, entre outras autoridades e convidados especiais.

Programação

Espaço destinado a todos os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS); a conferência vai elaborar propostas de políticas públicas para aprimorar ainda mais o atendimento à população.

Na sexta-feira, dia 18, estão marcadas na programação mesa de abertura e palestras com gestores da rede. Na ocasião, o convidado especial será o diretor da Escola de Saúde Coletiva da UFF, médico Aluísio Gomes Junior. No dia seguinte, os grupos de trabalho irão elaborar as propostas e encaminhar para avaliação e votação na plenária final.

Dentro do eixo principal "Política Nacional de Vigilância em Saúde e o fortalecimento do SUS como direito à proteção e promoção da saúde do povo brasileiro" estão divididos quatro subeixos: “o lugar da vigilância em saúde no SUS”; “responsabilidade do Estado e dos governos”; “saberes, práticas, processos e trabalhos”; e “vigilância participativa e democrática para enfrentamento das iniquidades sociais”.

Assuntos como o combate ao mosquito Aedes aegypti no município e os métodos de vacinação contra doenças, como Febre Amarela e HPV, também serão discutidos.

Após os debates, os delegados serão escolhidos para representar Niterói na Conferência Regional da Metropolitana II de Vigilância em Saúde, que vai ocorrer no município de Maricá, nos dias 26 e 27 de agosto. A Conferência Estadual do Rio de Janeiro está marcada para 6 e 7 de outubro, enquanto o Nacional será de 21 a 24 de novembro.

Continuar lendo

Niteroienses decidirão, no dia 29 de outubro, se Guarda Municipal será armada

Data foi anunciada pelo prefeito Rodrigo Neves durante formatura de agentes na Cidade da Ordem Pública

A Prefeitura de Niterói fará uma consulta pública no dia 29 de outubro, para saber a opinião dos moradores da cidade sobre o armamento da Guarda Municipal. O anúncio foi feito pelo prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, durante a formatura de 91 guardas no Curso de Qualificação Profissional (CQP), na Cidade da Ordem Pública, no Barreto, nesta terça-feira (8/8).

Continuar lendo

Niterói: Avenida Professora Romanda Gonçalves tem 70% da obra de macrodrenagem concluída

Previsão é que até dezembro todo o trabalho seja finalizado

 

As obras de macrodrenagem e pavimentação da Avenida Professora Romanda Gonçalves, no Engenho do Mato, Região Oceânica, seguem em ritmo intenso. Com 70% do projeto executado, a previsão é que até dezembro o trabalho seja concluído. Orçada em R$ 19 milhões, a obra que tem três quilômetros de extensão é fundamental para o bairro, já que possibilitará a microdrenagem de ruas do Engenho do Mato e do Maravista, além de evitar problemas de alagamentos na região. A área também vai ganhar arborização e calçamento.

Continuar lendo

Prefeito Rodrigo Neves participa da missa de apresentação do bispo auxiliar da Arquidiocese de Niterói

O novo bispo auxiliar da Arquidiocese de Niterói, Dom Luiz Antonio Lopes Ricci, foi apresentado na manhã do último sábado (5/8) em missa celebrada no ginásio Dom Bosco, em Santa Rosa. O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, participou da celebração para dar boas-vindas ao bispo, acompanhado da mulher Fernanda Sixel e dos filhos Marina e Carlos Eduardo. O secretário executivo de Governo, Axel Grael, também participou da cerimônia.

“A Prefeitura de Niterói tem excelente integração com a Arquidiocese de Niterói em programas relacionados ao patrimônio histórico e a área social. A arquidiocese de Niterói tem grande abrangência e assiste aos municípios de Niterói a Cabo Frio, com milhares de habitantes e fiéis. Com a nomeação de um bispo auxiliar com a experiência, a qualificação e o preparo de Dom Luiz Ricci, não tenho dúvida que o trabalho pastoral da igreja, que é tão necessário, vai se fortalecer”, afirmou Rodrigo Neves.

Natural de Bauru, São Paulo, Dom Luiz Ricci falou sobre sua chegada na cidade: “Desde 2014 Niterói esperava um bispo auxiliar. Estou feliz especialmente por ter sido nomeado para viver essa nova realidade. Quero poder contar com a ajuda de todos. Temos uma catedral em construção em Niterói que será a expressão do que já vivemos aqui na cidade, onde temos uma igreja dinâmica e acolhedora. Agora, nesta nova cidade, pretendo caminhar com confiança e gratidão a Deus que fez maravilhas na minha vida”, disse o bispo. 

Continuar lendo

Estímulo para a amamentação em Niterói

No Brasil, somente 38,6% dos bebês se alimentam exclusivamente de leite materno até os cinco meses. Com três salas exclusivas para aleitamento, Município orienta mães e gestantes
 
No mês nacional aleitamento materno, dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) revelam que, no Brasil, apenas 38,6% dos bebês se alimentam exclusivamente com o leite da mãe até o quinto mês de vida. A entidade recomenda a amamentação exclusiva até os seis meses de idade. Niterói se destaca no incentivo à prática, com três espaços em unidades públicas de saúde exclusivamente dedicados a ensinar mães de primeira viagem como amamentar e até como retirar leite para doação.
Continuar lendo

Cadastro para castração de animais domésticos começa na segunda-feira em Niterói

A Prefeitura do Niterói inicia na próxima segunda-feira, 07 de agosto, às 9h, o cadastro das pessoas interessadas na castração de seus cães e gatos de estimação. As primeiras cirurgias começam no dia seguinte, no Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD), inaugurado no dia 03 de julho na Travessa Luiz de Matos, 105, Fonseca. O CCPAD é administrado pela Coordenadoria Especial de Direito dos Animais (CEDA).

Serão distribuídas senhas para cirurgias que serão realizadas no CCPAD por um período de 15 dias. Por isso a recomendação é a de que o interessado chegue cedo ao local, já que o número de vagas é limitado. A Coordenadoria Especial de Direitos dos Animais abrirá inscrições para a cirurgia quinzenalmente.

Para agendar a cirurgia, o responsável pelo animal deve ser maior de idade e morador de Niterói, com comprovante de residência. Antes do agendamento, deve observar se o animal tem mais de quatro meses de vida e menos de seis anos de idade e se tem menos de 20 quilos. As fêmeas não podem estar no cio, prenha ou amamentando e os machos têm que possuir os dois testículos.

Com um mês de funcionamento, o CCPAD já realizou cerca de 50 procedimentos cirúrgicos de esterilização nas colônias de gatos e de cães comunitários de Niterói. Além de manter o espaço em funcionamento, a CEDA promove na cidade ações para coibir maus-tratos a animais, sempre com apoio de outros órgãos municipais, como a secretaria municipal de Meio Ambiente, Polícia Civil e secretaria municipal de Ordem Pública.

Serviço:

Segunda-feira, 9h, início do cadastro para a esterilização de cães e gatos domésticos.

Local: Travessa Luiz de Matos, nº 105, Fonseca

 O interessado deverá ser maior de idade e levar os seguintes documentos:

• Carteira de Identidade e CPF (original e cópia);

• Comprovante de residência, em nome próprio com endereço no município de Niterói;

 O animal precisa estar nas seguintes condições:

• Ter mais do que 4 meses e menos de 6 anos;

• Ter menos de 20 quilos;

• Não estar obeso e nem extremamente magro;

OBS: Lembramos que seu animal será avaliado e pesado no dia da cirurgia.

 Para fêmeas:

• Não pode estar no cio;

• Não pode estar prenha;

• Não pode ter leite nas mamas;

 

Para machos:

• Possuir os dois testículos na bolsa escrotal. 

Continuar lendo

Niterói é a segunda colocada no ranking nacional de limpeza urbana

Niterói ficou em primeiro lugar no Estado do Rio e em segundo no ranking nacional de Limpeza Urbana. Foram avaliados 3.049 municípios de todo o País, incluindo as capitais, e Niterói obteve excelentes índices ficando atrás somente da cidade de Maringá, no Paraná. O detalhamento do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana, desenvolvido pelo Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana (Selur), será divulgado no final deste mês em São Paulo.

O prefeito Rodrigo Neves comemorou o resultado, mais um reconhecimento do esforço da Prefeitura para a melhoria na qualidade de vida do niteroiense. "Nossa cidade ficou em segundo lugar no Brasil no ranking de limpeza urbana. Conquistamos mais um excelente resultado através de nossas políticas públicas, agora na gestão de resíduos e limpeza urbana. Ao longo dos últimos três anos recuperamos e também conquistamos vários prêmios e posições em avaliações de desempenho de instituições independentes em várias áreas. Alcançar o segundo lugar dentre os 3.049 municípios analisados é realmente extraordinário", disse Rodrigo Neves.

Essa é a segunda edição do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana, desenvolvida pelo Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana (Selur) e pela PwC, que avaliou mais de 3.000 municípios com base em critérios como impacto ambiental e engajamento da sociedade na destinação do lixo. “É um orgulho para Niterói ver o resultado dessa pesquisa, que espelha o empenho de toda a equipe da Clin, formada por profissionais muito dedicados, e de toda a administração municipal”. afirma Luiz Carlos Fróes Garcia, presidente da CLIN, lembrando que Niterói está adequada à Lei Nacional dos Resíduos Sólidos.

A secretaria municipal de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Nogueira Monassa, atribuiu o ótimo desempenho de Niterói na pesquisa aos investimentos que a Prefeitura tem feito para melhorar destinação final do lixo produzido diariamente na cidade e a ampliação dos serviços de coleta domiciliar e varrição, além de campanhas para conscientizar a população. Atualmente, a Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (CLIN) recolhe 13.334 toneladas, por mês, de resíduo de coleta domiciliar e 3.167 toneladas de varrição. Outros resíduos como, galhos, lodos e entulhos chegam a acumular 3.500 toneladas. Outras 188 toneladas de resíduos recicláveis são recolhidas, por mês, na cidade.  O programa de coleta seletiva da empresa evita danos ambientais. Ele é baseado na filosofia dos 3R´s "Reduzir, Reutilizar e Reciclar".

A Prefeitura de Niterói desenvolve atividades educativas, de forma a conscientizar a população quanto a sua importância no sucesso do trabalho de manter a cidade limpa. O sistema de recolhimento seletivo porta a porta é realizado em toda a cidade de forma setorizada, de acordo com os bairros e a demanda de resíduos. Após cadastro na CLIN o morador recebe todas as instruções sobre o processo de separação seletiva dos materiais. 

Além dos recicláveis comuns (papel, plástico, vidro e metal), a CLIN possui projetos para reaproveitamento de diversos materiais, tais como óleo de cozinha usado, pilhas, pneus e isopor. A cidade de Niterói é pioneira na coleta e reciclagem do isopor.

Atualmente, todo resíduo produzido em Niterói tem destino final adequado. Os resíduos são coletados e destinados à Célula Emergencial do Morro do Céu, que fica no bairro do Caramujo. No local, tais resíduos são pesados e recebem o tratamento adequado e tecnicamente normatizado. Os resíduos domiciliares são destinados ao CTR de Alcântara – SG. Os resíduos de serviço de saúde são destinados ao CTR de Itaboraí. Os resíduos de construção civil são destinados ao CTR de Anaia-SG. Já os resíduos recicláveis são doados para a cooperativas de catadores, desta forma todo participante auxilia na preservação ambiental e na inserção social.

Fórmula do sucesso

Segundo a pesquisa que definiu o Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana, os munícipios com arrecadação específica para a gestão de lixo, como é feito em Niterói, oferecem uma destinação mais correta dos resíduos: cerca de 70% das cidades com arrecadação específica dispõem corretamente os resíduos – encaminhando-os para aterros sanitários. Nas localidades sem arrecadação específica, o índice é de 28%. O estudo também revela que, nos munícipios com arrecadação específica, o índice de reciclagem de lixo é o dobro (6%) daqueles onde não há a cobrança específica para a gestão de resíduos sólidos.

As cidades que contam com um planejamento de limpeza urbana também apresentam um desempenho melhor. O estudo mostra que 75% dos munícipios com esse tipo de plano e arrecadação específica dispõem o lixo em aterros sanitários, ante 24% daqueles sem arrecadação e planejamento de sustentabilidade.

"Os dados apresentados revelam a importância de mecanismos específicos para gerar recursos para o descarte correto dos resíduos. O ISLU também traz uma série de análises e parâmetros para que gestores públicos e privados de limpeza urbana possam tornar o ambiente das cidades mais adequado e sustentável", diz Marcio Matheus, presidente do Selur.

O estudo tem como objetivo suprir a falta de informações sobre a coleta de resíduos nas cidades brasileiras e mapear o cumprimento das recomendações da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Nesta edição, foram avaliados 3.049 municípios, ante 1.729 no ano passado. Os dados utilizados foram coletados na base de 2015 do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). O ISLU criou um índice para avaliar a limpeza urbana nos municípios e o grau de cumprimento das normas estabelecidas pelo PNRS, com uma pontuação que varia de zero a um.

Para chegar aos resultados do ISLU, quatro aspectos são levados em consideração: Engajamento do Município (população atendida e população total); Sustentabilidade Financeira (arrecadação específica menos despesa do serviço sobre a despesa total do município); Recuperação dos Recursos Coletados (material reciclável recuperado sobre total coletado); e, por fim, Impacto Ambiental (quantidade destinada incorretamente sobre a população atendida).

Sobre o SELUR

O SELUR (Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana do Estado de São Paulo) é o órgão responsável por centralizar os esforços das empresas paulistas de limpeza urbana. A instituição representa o conjunto de ações fundamentais para a sociedade, que incluem coleta e transporte de resíduos sólidos, manutenção da limpeza pública, além do tratamento e destinação final do descarte feito pela comunidade – desde residências até estabelecimentos comerciais e hospitalares. O SELUR tem ainda o objetivo de divulgar informações a fim de conscientizar os cidadãos comuns da relevância social, ambiental e econômica dos serviços prestados pelas suas associadas e seus milhares de colaboradores.

Sobre a PwC

Na PwC, o propósito é construir confiança na sociedade e resolver problemas importantes. Trata-se de um Network de firmas presente em 157 países, com mais de 223 mil profissionais dedicados à prestação de serviços de qualidade em auditoria e asseguração, consultoria tributária e societária, consultoria de negócios e assessoria em transações.

Continuar lendo

Obra de revitalização do canal Icaraí está a todo vapor  

Já está a todo vapor a obra de revitalização do Rio Icaraí, no canal do Campo de São Bento. A ação que está sendo realizada pela  Prefeitura de Niterói e a concessionária Águas de Niterói , começou nesta segunda –feira e  estará concluída em cerca de seis meses. Um dispositivo hidráulico, chamado de Tomada de TempoSeco (TTS), interceptará o esgoto lançado de forma irregular nas galerias de águas pluviais, evitando o despejo sem tratamento no meio ambiente.    

Para diminuição do impacto das intervenções, o sistema de bombeamento foi projetado no arruamento interno, para ser enterrado,  não precisando retirar nenhuma árvore do Parque.

 No primeiro momento, a iniciativa contará com a implantação da  uma linha  recalque no interior do Campo de São Bento. Essa intervenção consiste no assentamento de tubulações de diâmetro de 300 mm ao longo da rua interna de terra do local. A previsão de conclusão dessa etapa é de 10 dias.

Ana Cristina Valença tem 28 anos e diariamente passeia no local com a filha Thamires de nove meses. Inicialmente estranhou os tapumes colocados, mas logo entendeu os benefícios da obra.O que achei interessante e pelo que me informaram, é que  diariamente o lugar da obra é fechado para que os frequentadores possam usar .

“Se é para preservação do meio ambiente e der mais qualidade para os moradores que passeiam e aproveitam o local acho ótimo.Essa é uma das áreas mais lindas da cidade, merece ser cuidada sim” observou.

Toda a operação desse sistema será realizada remotamente, por meio do Centro de Controle Operacional de Esgoto da Águas de Niterói, que fica na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Icaraí. Além disso, técnicos da concessionária acompanharão diariamente o funcionamento desse dispositivo no local.

“Independentemente da implantação desse sistema no Campo de São Bento, é importante ressaltar que a fiscalização para identificação e regularização das contribuições irregulares de esgoto no sistema de águas pluviais continuarão sendo realizadas através do Projeto Se Liga, que é uma parceria da Águas de Niterói com a Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS)”, esclarece o superintendente da Águas de Niterói, Nelson Gomes.

A obra será realizada tendo todo o cuidado de não afetar o meio ambiente.

“Serão muitas as vantagens dessa obra. Como teremos uma diminuição do fluxo de água no parque poderemos concretar o fundo do canal o que ajudará muito na manutenção. Um outro fator é que a qualidade do ar no Parque irá melhorar muito e estaremos tomando todo o cuidado de não retirar nenhuma árvore do local e manter as características do Parque que é o pulmão de Icaraí” observou Dayse Monassa, secretária de Conservação e Serviços Públicos.

Continuar lendo

Alunos da rede municipal de Niterói retornam às aulas nesta terça-feira

Alunos da rede municipal de ensino de Niterói voltam às aulas nesta terça-feira (1/8) para o segundo semestre de 2017, após duas semanas de recesso. Agentes da Niterói Transporte e Trânsito (NitTrans) estarão atuando nas regiões de maior movimento de veículos para orientar os motoristas e garantir a segurança dos alunos. E a Guarda Municipal retoma o programa Ronda Escolar, que tem por objetivo prevenir a violência e coibir a prática de pequenos delitos no entorno das escolas.

Na Operação Volta às Aulas, agentes da NitTrans estarão na porta das escolas nos horários de entrada e saída dos estudantes. São dois coordenadores, seis supervisores, 30 agentes e funcionários de diversos setores da NitTrans atuando na distribuição de folhetos educativos com noções de comportamento no trânsito. Cinco motos e seis viaturas estarão no apoio ao desenvolvimento do trabalho.

Em parceria com a Subsecretaria de Transportes, agentes da NitTrans fiscalizarão questões relativas aos veículos que circulam com alunos, localização de pontos de ônibus e gratuidade. A Operação tem o apoio da Secretaria de Educação, da Guarda Municipal e da Polícia Rodoviária Federal.

Com o fim das férias, a Guarda Municipal retoma o programa Patrulha Escolar, com visitas diárias durante os horários de saída e entrada dos alunos, nos turnos da manhã e da tarde. As rondas são realizadas por duplas de guardas em viatura devidamente identificada nos colégios do município. Além disso, as rondas têm contado com o apoio da Coordenadoria de trânsito, que usa três motos, duas bicicletas e uma viatura apoiando os guardas municipais durante a Patrulha. Já está em andamento o processo para realização de licitação para compra de 10 novas viaturas.

A atuação da patrulha escolar consiste no patrulhamento preventivo realizado das 7h às 22h30, de segunda a sexta feira. Um sábado por mês, quando há dia letivo, as equipes também são mobilizadas para atuarem nos colégios. Em média, a patrulha permanece por 30 minutos em cada colégio, caso não haja ocorrências. Além do patrulhamento preventivo, as equipes da Guarda Civil Municipal realizam palestras e atividades com alunos e professores, sobre o perigo das drogas, bullying e violência nas escolas, educação no trânsito e até mesmo primeiros socorros.

Segundo semestre – De acordo com a Fundação Municipal de Educação, Niterói conta hoje com 91 escolas. São 42 Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis) e 49 de Ensino Fundamental que atendem 30.039 incluindo Educação Infantil, Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos e Programa Criança na Creche. O encerramento do ano letivo está previsto para 21 de dezembro.

A secretária de Educação, Ciência e Tecnologia, Flávia Monteiro de Barros, cita as atividades que serão desenvolvidas no segundo semestre letivo com o objetivo de aprimorar a aprendizagem dos alunos e qualificar profissionais da rede.

“Teremos as Olímpiadas de Matemática, a Maratona de Língua Portuguesa, o Seminário de Educação Infantil, o Seminário de Educação Inclusiva, a Feira de Ciências, a Mostra Acadêmica na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, além de diversos cursos e formações. Vamos continuar avançando e contribuindo para a consolidação de uma educação pública de qualidade em Niterói", afirma a secretária.

O presidente da Fundação Municipal de Educação, Bruno Ribeiro, destaca o programa de reforma das escolas e que terá continuidade nos próximos meses. “Além das 20 escolas que inauguramos, colocamos como prioridade a recuperação e modernização das nossas unidades. Até o fim do ano, vamos investir nas UMEIs Neuza Brizola, Julieta Botelho, Alberto de Oliveira e também na Escola Municipal Prof. Marcos Waldemar de Freitas Reis”, diz.

Calendário escolar – Os alunos matriculados no Ensino Fundamental (5º ao 9º ano) devem ficar atentos ao calendário escolar. De acordo com o Ministério da Educação e Cultura (MEC), a Prova Brasil será realizada no período entre os dias 23 de outubro e 3 de novembro. O exame, criado em 2005, faz parte de um conjunto de ações para avaliar a qualidade do sistema educacional brasileiro.

Também continuam abertas as inscrições na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA) para os que não puderam iniciar ou prosseguir os estudos na idade certa. As vagas são para as seguintes unidades: E.M. Alberto Torres (Centro), E.M. Maria de Lourdes Barbosa (Fonseca), E.M. Paulo Campos (Icaraí), E.M. Maestro Heitor Villa-Lobos (Ilha de Conceição), E.M. Honorina de Carvalho (Pendotiva), E.M. Altivo Cesar (Barrreto), E.M. João Brazil (Morro do Castro), E.M. Francisco Portugal Neves (Piratininga) e E.M. Helena Antipoff (São Francisco).

Outras informações podem ser obtidas no edital de matrícula do EJA, no site www.educacao.niteroi.com.br ou pelo telefone 2179-6426.

Continuar lendo