Defesa Civil cadastra 1.056 voluntários no sistema de envio de alertas via SMS contra desastres

A subsecretaria de Proteção e Defesa Civil de Nova Iguaçu, em parceria com a Secretaria Estadual de Defesa Civil, por intermédio do Centro Estadual de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN-RJ), disponibiliza a população o Sistema de Envio de SMS de Emergência, projeto inédito na cidade. Hoje, o município já atinge a marca de 1.056 cadastros e, com isso, ajuda a reduzir desastres em Nova Iguaçu. 



O sistema é uma importante ferramenta nas ações de prevenção e de preparação para emergências e desastres, pois permite mobilizações preventivas em comunidades vulneráveis, evitando consequências como mortes e feridos. “Além do cadastramento gratuito para o recebimento de mensagens, os moradores são orientados como proceder diante de cada mensagem. Além disso, são detectados líderes comunitários que são preparados para serem um elo de comunicação entre o poder público e essas comunidades. Hoje contamos com 14 Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil (NUPDECs) compostos por 59 líderes comunitários”, explica o subsecretário de Defesa Civil, coronel Jorge Ribeiro Lopes.

O sistema prioriza o cadastramento de moradores de áreas de risco de desastres, principalmente em áreas com ameaças relacionadas a deslizamentos, enxurradas e inundações. Tais áreas foram determinadas através de parcerias com órgãos especializados, de informações de líderes comunitários e de estudo de ocorrências passadas, onde foram mapeados 58 pontos de deslizamentos, como a Rua do Alto, em Tiguazinho; e 91 pontos de inundação/alagamento, como em Comendador Soares, nas margens do Rio Botas. 

“Participei de simulados às margens do Rio Botas, em Comendador Soares, e de estudos das áreas vulneráveis de nossos bairros. O uso de mensagens via SMS só trará benefícios”, comenta o voluntário Paulo Romão, morador de Miguel Couto. “Essa ferramenta já está sendo muito útil no meu bairro. Na última chuva, os moradores já estavam preparados e levaram seus carros para um campo de futebol, que é um local alto. E ainda colocaram barreiras nos portões e avisaram os familiares que se encontravam fora para não regressarem para suas casas até que a água baixasse”, conta Mauro Roque Silva, de Comendador Soares.

A formação dos núcleos comunitários e a ferramenta de envio de mensagens de SMS de Emergência são essenciais para as mobilizações preventivas que, além de salvar vidas, contribuem diretamente para o desenvolvimento da resiliência e a redução do risco de desastres em Nova Iguaçu. “As mensagens são essenciais, pois na última chuva forte, eu tive a oportunidade de avisar a minha irmã, que mora em local que alaga. Ela pode se preparar com antecedência e colocar a família em local seguro”, diz Denise Lopes dos Santos, moradora do bairro Grama. 

Qualquer cidadão pode se cadastrar gratuitamente e passar a receber as mensagens por telefone, basta acessar o link http://sisemte.cbmerj.rj.gov.br/. Mais informações nos telefones 199 e 3779-0660.

São João de Meriti prorroga desconto de 15% no IPT...
Custo da cesta básica sobe em 20 capitais, diz pes...