Dia D de Vacinação contra a febre amarela lota praça do Centro

A campanha contra a febre amarela em Nova Iguaçu ganhou reforço neste sábado (27), dia D de Vacinação. Das 08h às 17h, a prefeitura reuniu centenas de pessoas na Praça Rui Barbosa, no Centro, que ainda não tinham conseguido se imunizar. A Secretaria de Saúde disponibilizou entre três e quatro mil doses da vacina fracionada para a população, que foi atendida em duas tendas e nos dois ônibus itinerantes de vacinação que percorrem a cidade.

 

“Eu estava resolvendo algumas coisas pelo Centro e vi que estavam vacinando. Entrei na fila e fui atendida bem rapidinho. É importante a gente se vacinar, não dá para perder a oportunidade”, conta a professora de História Luisa Cordeiro Barbosa, de 26 anos, moradora do bairro Prata.

 

O aposentado José dos Santos Filho, de 68, morador da Posse, também aproveitou o sábado para se vacinar. “Minha filha trabalha por aqui e me avisou da vacinação. Eu vim correndo. O atendimento foi bem rápido. E eu ainda passei pela avaliação médica aqui, antes de tomar a vacina. Agora estou protegido”, comemora José.

 

Os 58 postos de saúde da cidade também ficaram abertos para a vacinação neste sábado, além da tenda instalada na praça central de Tinguá desde o início de janeiro.  “Nossa mobilização está sendo todos os dias. Desde o início do ano, a cidade mobilizou mais de 100 profissionais de saúde para aplicação da vacina em 61 pontos, incluindo a tenda montada em Tinguá e dois ônibus com vacinação itinerante que percorrem os bairros do entorno da Reserva Biológica do Tinguá. Estes três, de domingo a domingo”, informa o secretário de Saúde, Hildoberto Carneiro.

 

A partir da próxima semana, os postos seguirão vacinando normalmente contra febre amarela, de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h. “Estamos desde março de 2017 vacinando a população como medida de prevenção. Este ano, reforçamos a campanha e já conseguimos imunizar mais de 300 mil pessoas. Temos a certeza que vamos cumprir nossa missão e vacinar mais de 90% da população de Nova Iguaçu, diz Hildoberto.

 

Podem se vacinar crianças maiores de seis meses de idade e adultos até 60 anos. No caso dos idosos com mais de 60 anos, é preciso avaliação médica. A vacina é contra indicada para pessoas fora deste público alvo ou portadores de doenças que provocam baixa imunidade, gestantes e pacientes que fazem uso de medicamentos imunossupressores. Quem já tomou a dose da vacina contra a febre amarela passa a ter imunidade a partir de dez dias.
 
Dia D vacina quase 500 mil pessoas contra febre am...
Secretário de Saúde do Rio imuniza cariocas no Dia...