Mais saúde e abastecimento d’água para moradores de Nova iguaçu

Moradora do Valverde, há mais de dez anos, a dona de casa Maria Lordes Santos, de 61 anos, comemorou nesta sexta-feira (11) duas grandes conquistas. A primeira foi a chegada de água na torneira de casa, com a entrega do primeiro reservatório que vai garantir o fornecimento de água para o seu bairro e regiões mais próximas, como Cabuçu, Palhada, Valverde, Campo Alegre e Ipiranga, a segunda foi à boa notícia de que está com a saúde em dia. A dona de casa foi uma das centenas de pessoas que participaram da ação de prevenção à saúde, promovida pela Prefeitura de Nova Iguaçu durante o evento de inauguração do reservatório da Cedae. Abastecido pela nova adutora da Baixada Fluminense, o sistema vai beneficiar diretamente uma população de 51 mil habitantes. 
 
“Foi uma oportunidade única poder colocar a saúde em dia e ainda conseguir trazer meu marido para se cuidar também. E melhor, também comemorar o abastecimento normal de água na minha casa. Nesta região sempre faltava água durante o verão. Era um tormento, mas agora nossa vida vai mudar pra melhor”, afirmou a moradora. 
 
A Prefeitura de Nova Iguaçu levou até Valverde alguns serviços de saúde, como aferição de pressão arterial e glicemia capilar, pesagem do Programa Bolsa Família, testagem rápida de sífilis, HIV, Hepatites B e C, além da distribuição da caderneta do idoso. A ideia da Prefeitura é descentralizar os serviços e levar atendimento também aos moradores de localidades mais distantes do centro do município.    
O prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa, disse que em breve a população de Austin também será beneficiada.
 
“Não é só a inauguração de um reservatório. É a inauguração de um sistema de água que vai acabar com o problema de abastecimento não somente desta região, como da Baixada Fluminense. Até o final do ano será a vez da água chegar a Austin e vamos continua buscando essas melhorias junto a Cedae para que outras regiões que ainda sofrem com a falta d’água”, contou Lisboa.
O sistema inaugurado é composto pelo novo reservatório Cabuçu Baixo, com estrutura de concreto e capacidade de armazenar cinco milhões de litros de água; 32 quilômetros (km) de troncos distribuidores de água com diâmetros de 100 milímetros (mm) a 700 mm; 13 travessias sobre rios e 432 metros de tubulação adutora de 600 mm de diâmetro.
 
O novo sistema é parte do pacote de obras de R$ 3,4 bilhões - já em andamento - que reúne os programas Novo Guandu e Programa de Abastecimento de Água da Baixada Fluminense, que vão ampliar o fornecimento de água para toda a região da Baixada.
 
Além deste, outro sistema de abastecimento em Nova Iguaçu – Cabuçu Alto – já está em fase de conclusão, com 98 % das obras concluídas e deve entrar em operação até junho. O sistema inclui um novo reservatório e um booster (conjunto de bombas que regula a pressão na rede) e vai melhorar o abastecimento de 34 mil habitantes de Campo Alegre, Jardim Palmares, Palhada e Riachão.
Aos 2 anos, governo Temer festeja economia, mas en...
A prefeitura de Duque de Caxias multa Concessionár...