Nova Iguaçu se veste de rosa contra o câncer de mama

Vestidas de rosa, centenas de pessoas participaram na tarde desta segunda-feira (02) da caminhada Nova Iguaçu no Outubro Rosa, marcando a abertura das atividades de conscientização ao diagnóstico precoce do câncer de mama e ao autoexame. A caminhada saiu da Praça Rui Barbosa, no Centro e seguiu por todo calçadão, iluminado de rosa, cor símbolo da campanha mundial contra o câncer de mama. Para chamar ainda mais atenção da população ao foco da campanha, outros 19 pontos espalhados pelo município também receberam iluminação especial na cor rosa, como a prefeitura, a Via Light, a Casa de Cultura, Mirante do Cruzeiro, entre outros.

“O câncer de mama é o que mais mata mulheres, mas se for diagnosticado precocemente, as chances de cura são grandes, mais de 80%. Por isso, Nova Iguaçu se une pela primeira vez com a integração de toda sociedade para lembrar que é preciso falar sobre este assunto e criar ações efetivas para que essas mulheres possam se cuidar. Durante o mês de outubro, estamos com agendamento de mamografia na Praça Rui Barbosa com encaminhamento imediato para mulheres acima de 40 anos. Com isso, esperamos zerar a fila de espera para este tipo de exame, tão importante para o diagnóstico do câncer de mama”, disse o prefeito da cidade, Rogerio Lisboa.   

Ao longo deste mês, a prefeitura de Nova Iguaçu preparou uma série de programações com uma grande mobilização, que conta com o apoio de instituições parceiras e do grupo Poderosas Amigas da Mama (formado por mulheres de Nova Iguaçu que enfrentam ou enfrentaram o câncer de mama), com diversos serviços de saúde, esporte, cultura e lazer, na Praça Rui Barbosa, das 9h às 17h.

Equipes de cabelereiros também estão no local realizando cortes de cabelo gratuitos para quem for doar para confecção de perucas a pessoas que fazem quimioterapia. Haverá ainda pontos de arrecadação de lenços e sutiãs com bojo para mulheres que fizeram mastectomia (retirada do seio).

A pequena Isabella de Oliveira Pizza, 5 anos, chamou a atenção de quem passou pelas tendas na tarde desta terça-feira (3). Ela sempre se orgulhou do cabelo grande, mas sensibilizada pela causa e atenta aos conselhos da mãe, Danielle de Oliveira Souza Pizza, de 37 anos, sobre ajudar o próximo, ela foi a primeira criança a aderir à doação de cabelos, cortando 15 cm. Segundo a mãe, as duas foram ao calçadão de Nova Iguaçu comprar uma fantasia de sereia para festa da escola, quando viram a ação. “Isabella perguntou o que estava acontecendo. Eu expliquei e na mesma hora ela decidiu doar o cabelo. Foi uma linda surpresa”, afirma emocionada Danielle.  

Nas tendas da Praça Rui Barbosa, mulheres iguaçuanas podem ainda solicitar agendamento de mamografias (com marcação imediata), testes rápido de Sífilis e Hepatite C, inscrições do CADÚnico e Bolsa Família, além de encaminhamento para isenção do RG, atendimento jurídico, carteira do idoso, orientações sobre como fazer o autoexame na mama, corte de cabelos gratuitos, maquiagem, oficinas de artesanato, atividades culturais e recreativas, entre outras.

 “Enfrentei o câncer de mama há dois anos. Passei pela mastoctomia e hoje luto para que outras mulheres tenham a oportunidade de vencer a doença como eu. É a primeira vez que vejo em Nova Iguaçu uma grande mobilização no Outubro Rosa, não só com ações, mas principalmente com implementação de políticas públicas”, disse Andrea Souza, de 52 anos, integrante do grupo Poderosas Amigas da Mama.   

 

 

Arquibancada fora de arena da Copa ganha forma, e ...
Terceira idade é homenageada na semana do Idoso e...