Rios e canais de Nova Iguaçu são limpos para evitar enchentes no verão

Com o objetivo de prevenir as enchentes provocadas pelas fortes chuvas do verão, que, consequentemente, alagam vias e invadem residências, a Prefeitura de Nova Iguaçu está limpando e desassoreando os sete principais rios que cortam a cidade, além de canais e valões, para um melhor escoamento das águas. O serviço, realizado pela Secretaria de Infraestrutura, teve início em maio e tem previsão para terminar no final de setembro.

Máquinas fazem a dragagem removendo o lixo e o excesso de areia; além disso, todo o mato que se acumula ao redor dos ribeirões está sendo roçado e retirado. Isso ajuda a minimizar os riscos de inundações. “Assim que o prefeito assumiu, ele nos comunicou que a limpeza dos rios era uma de suas prioridades de governo. Estabelecemos como meta porque temos um prazo curto para realizar o serviço, pois o intervalo das chuvas acontece entre maio e outubro”, explica Cleide Moreira, secretária de Infraestrutura. 

Os rios que cortam Nova Iguaçu e que estão dentro do programa de limpeza são: Botas, Velhas, Cabuçu, Abel, Prata, Ipiranga e Capemba. “Totalizando os pontos mais críticos desses rios, dá cerca de 30 quilômetros de limpeza e desassoreamento”, comenta Cleide. Atualmente, no Rio das Velhas, altura da divisa com o município de Belford Roxo, no bairro Miguel Couto, por exemplo, a prefeitura trabalha para devolver, inicialmente, cerca de 1.600 metros (cada lado) de margem.

                                                                          Ente os canais que entraram no programa de limpeza estão Metropolitano, Nova Era, Palmares I e II, Carmari I e II, Sarapó, Eboni e São Marcelo. Valões também serão limpos. O serviço no de Três Campos, no bairro Jardim Pernambuco, já começou. “Estávamos completamente abandonados. Quando chove, enfrentamos alagamentos difíceis. É muito sofrimento. Graças a Deus a prefeitura está trabalhando aqui”, diz a dona de casa Débora Alves de Oliveira, de 27 anos.

Goleiro Cássio e meia Luan são as novidades na con...
FIRJAN e prefeitos da Baixada Fluminense discutem ...