Maio Amarelo terá simulação de acidente entre carro e moto na Praça D. Pedro, em Petrópolis, no RJ

Um acidente envolvendo um carro com cinco ocupantes e uma moto com duas pessoas. A situação vai ser simulada na Praça D. Pedro, em Petrópolis, Região Serrana do Rio, na quinta-feira (17), às 10h, pelo Movimento Maio Amarelo. A intenção, segundo os organizadores, é mostrar o quão devastador um acidente de trânsito pode ser na vida das pessoas envolvidas. Além de atores, a cena terá a presença de bombeiros, policiais e agentes de trânsito, que vão fechar a via para tornar o cenário o mais real possível.

A programação do Maio Amarelo já reuniu vítimas de acidentes de trânsito, que distribuíram panfletos, o laço amarelo – símbolo da campanha, e deram informações também na Praça D. Pedro, na sexta-feira (10), para cerca de 300 pessoas. Cadeirantes que atuam nas blitzen da Lei Seca participaram da ação.

De acordo com a Prefeitura de Petrópolis, houve redução de 30% no número de vítimas de acidentes de trânsito no primeiro quadrimestre de 2018, comparado ao mesmo período do ano passado, conforme apontam os dados divulgados pelo hospital referência em traumas na cidade, o Santa Teresa.

A Companhia de Trânsito e Transportes, a CPTrans, colocou um carro esmagado e uma motocicleta destruída expostos aos pés do Obelisco, com o objetivo de chamar a atenção de quem passa pelo local na região central da cidade. O mesmo foi feito no Trevo de Bonsucesso.

O administrador Rodrigo Luizeto, que mora em Juiz de Fora, foi surpreendido pelos veículos expostos e disse que eles mostram o resultado da imprudência no trânsito. Para ele, a ação é válida.

“É muito importante fazer a conscientização. O caminho é exatamente esse, ir 'martelando' as informações, porque quando a pessoa tem acesso a informação, isso ajuda a fazer com que ela tenha mais cuidado”, disse Rodrigo.

Niterói terá novo sistema de notas fiscais de serv...
Crivella acompanha implosão do antigo prédio do IB...