Lei da Doula é discutida no Centro Cultural de São Gonçalo

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para o Idoso, Mulher e Pessoa com deficiência, através da Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, realizou evento na manhã desta sexta-feira (14/07) para discutir a Lei da Doula. A palestra aconteceu no Centro Cultural Joaquim Lavoura, Estrela do Norte, e abordou o tema "Lei da Doula: Você conhece?".

A subsecretária da pasta, Andréa Machado, explica que as doulas são profissionais treinadas e capacitadas para acompanhar as gestantes e parturientes.

"Sua função é dar suporte durante a gestação, pré-parto, parto, pós-parto e puepério, se utilizando de recursos de conforto, suporte emocional e alívio físico", explica.

Participaram da reunião o Movimento de Mulheres de São Gonçalo, Associação de Doulas do Rio de Janeiro, Centro Especial de Orientação à Mulher (CEOM) Zuzu Angel e Patrícia Acioli, Comissão dos Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), representantes da Secretaria de Saúde e de Desenvolvimento Social, além de estudantes de enfermagem.

Legislação

A Lei 2.195/13 (Lei da Doula) foi criada pelo prefeito Jose Luiz Nanci quando deputado estadual. Ela obriga os hospitais e maternidades a permitirem a presença das doulas (assistentes de parto com ou sem formação médica) durante o período de parto. De acordo com o texto, as doulas não ocuparão a vaga de acompanhante e poderão auxiliar durante o nascimento do bebê, quando solicitadas pela gestante.

ÚLTIMO DIA! Conheça as melhores rotas para chegar ...
Tablado oferece curso livre de teatro na Cidade da...