São Gonçalo realiza dia D de combate

A Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo anunciou, novas ações na luta contra o Aedes aegypti, transmissor da chikungunya, dengue e zika. No próximo dia 18, será realizado um mutirão de ações nos bairros mais afetados pela chikungunya, doença que já teve 1500 casos notificados na cidade somente em 2018. A decisão foi tomada após uma reunião entre a equipe técnica da Secretaria de Saúde, Vigilância Ambiental e Cruz Vermelha.

“Essa mobilização é de extrema importância para que possamos, juntos com a população, combater o mosquito. O trabalho já vinha sendo feito pelas equipes e agora vamos massificar ainda mais”, explica o secretário de Saúde, Jefferson Antunes.

As ações, que serão feitas a partir das 08h30, terão como concentração dos agentes de endemias da Vigilância Sanitária diversas praças da cidade, entre elas a praça do Rodo, do Relógio (Alcântara), Trindade, Gradim, Santa Izabel, Barro Vermelho, Mutuá, Itaúna, Largo da Ideia, Jardim Catarina (praça do skate e DPO), Amendoeira (Cedae), Venda da Cruz (Condomínio Residencial Venda da Cruz), Engenho do Roçado (em frente ao Posto Hiparco Ferreira).

Além das visitas domiciliares que serão realizadas pelos agentes de endemias, as equipes UBV irão pulverizar o larvicida no carro fumacê em diversas ruas do bairro. Dados da Vigilância Ambiental do município mostram que os depósitos podem ser evitados em 25% das residências visitadas pelos agentes de endemias.

“O ciclo de reprodução do mosquito leva em torno de 10 dias. Por isso, é preciso realizar uma série de medidas simples para garantir a limpeza dos ambientes. Recipientes como baldes, garrafas, ralos, lixeiras e outros objetos devem sempre estar fechados ou virados com a boca para baixo. As equipes estão nas ruas atuando diariamente, mas é preciso que a população também faça sua parte. Muitas pessoas não atendem as equipes de agentes”, dispara o diretor da Vigilância Ambiental, Adaly Fortunato.

Cruz Vermelha participa das ações de combate ao Aedes aegypti

Cerca de 600 voluntários da Cruz Vermelha de São Gonçalo serão capacitados na próxima semana para atuarem com ações educativas no combate ao mosquito. As capacitações com a equipe da Vigilância Ambiental acontecerão nos próximos dias 9, 10, 11 e 14.  

Após decisão do Supremo, STJ começa a aplicar rest...
#EuSouNovaIguaçu reúne multidão no KM 32