Prefeito de São João de Meriti decreta situação de emergência

Em reunião nesta tarde com os integrantes do gabinete de gestão de crise, o prefeito de São João de Meriti, Dr. João, assinou decreto de situação de emergência no município, devido às chuvas intensas e aos danos e prejuízos causados à população. Um dos objetivos é viabilizar ações emergenciais. O decreto tem prazo de 180 dias. 

 

“Nosso maior trabalho começa agora. Aumenta nossa responsabilidade. Continuaremos em prontidão 24 horas”, disse Dr. João. 

 

A reunião contou com a presença de todo secretariado e de integrantes dos órgãos da Defesa Civil estadual e municipal.

 

Desde o dia 29 de dezembro, São João tem sofrido com chuvas fortes. Em seis dias, houve um acumulado de mais de 50% de chuva – mais da metade do esperado para o mês de dezembro, o mais chuvoso do ano. O status foi elevado ao alerta máximo na cidade, de acordo com o protocolo de meteorologia e de cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). A Defesa Civil municipal fez 45 atendimentos até a manhã desta sexta-feira, entre deslizamentos e podas de árvores. 

 

As equipes das Secretarias de Assistência Social e Captação de Recursos, Urbanismo e Habitação identificaram e cadastraram 98 famílias afetadas. A Secretaria de Saúde realizou 1.156 atendimentos. “Além de todas as ações que a secretaria disponibilizou, nós ainda temos três emergências 24 horas para atender a população”, afirmou a secretária de Saúde, Marcia Lucas. 

 

-- 

Crivella visita complexo de abrigos Stella Maris
Carlos Moraes agradece ao Pezão pela liberação das...