São João promove ciclo de palestras nas escolas

A Secretaria municipal de Assistência Social promoveu, nos dias 18 e 19 de abril, palestras para alunos de escolas públicas de São João de Meriti.

Na quarta-feira, o evento aconteceu na Escola Estadual Roberto Silveira e teve como tema o Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas), com destaque para o programa Jovem Aprendiz. Nesta quinta, a palestra sobre o tema Direito ao Bolsa Família foi direcionada aos responsáveis dos alunos da Escola Estadual Praça da Bandeira.

As palestras foram ministradas pelo psicólogo Otávio Mangabeira, pela assistente social do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), Bruna Galdencio, e pela assistente social Luana Coelho. Durante a apresentação, os palestrantes deram dicas de como se comportar em uma entrevista de emprego, o que vestir e que postura adotar no futuro ambiente de trabalho.

De acordo com Bruna Galdencio, é preciso abrir o leque de opções para os estudantes, para que eles se capacitem e possam se desenvolver e crescer profissionalmente. “Os alunos precisam ser estimulados a estudar e se capacitar, pois o conhecimento e a informação não terminam ao final do Ensino Médio. É preciso preparar e inserir esses jovens no mercado de trabalho”, destacou a assistente social do IFRJ.

Coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Éden, Kelly Cristina Costa ressaltou que as palestras têm como finalidade esclarecer aos alunos como ter acesso ao mercado de trabalho, além de oferecer cursos. Na última reunião, a coordenadora explicou que a palestra teve como objetivo orientar os pais dos alunos a respeito do bolsa família enquanto direito e as condicionalidades do programa.

Os beneficiários também receberam informações sobre a importância da atualização do Cadastro Único, que é base para seleção de famílias para alguns programas sociais, e seus benefícios como Minha Casa, Minha Vida; ID Jovem; isenção de taxas em concursos públicos; carteira do idoso, entre outros. Para ter acesso aos cursos é preciso que a família do estudante seja inscrita no programa Bolsa Família, e o aluno tenha 16 anos ou mais. Em seguida, comparecer ao Cras-Éden com identidade, CPF, registro do NIS e comprovante de escolaridade. O endereço é Rua Ana Brito da Silva, 2470, de 8h às 17h.

Instituto Vital Brazil produzirá novos medicamento...
Polícia prende suspeita de chefiar tráfico e orden...