Um dos duelos mais aguardados da Liga, PSG x Real Madrid é primeiro grande desafio de Neymar na França

O nível dos concorrentes impede que o duelo entre Real Madrid e Paris Saint-Germain, nesta quarta, às 17h45m, seja considerado uma final antecipada da Liga dos Campeões.

Mas o mundo olha para este duelo com a sensação de que ele chegou antes da hora, ainda nas oitavas de final.

Trata-se do mais simbólico choque desta fase. Porque opõe dois conceitos opostos de clube. De um lado, o Real Madrid exala tradição, história, o clube associativo que se tornou global através de suas realizações ao longo de mais de um século de história. Já o PSG, 68 anos mais novo, comprado por um fundo de investimentos controlado pelo Qatar para ser a face esportiva de um projeto que visa a estreitar laços entre o país e o mundo.

Os espanhóis têm 12 títulos na história do torneio, três nos últimos quatro anos. É um acumulador de astros do futebol e de conquistas, um gigante que se alimenta de ganhar. O PSG, que jamais passou das quartas de final, é a tentativa de construir um gigante. Por R$ 800 milhões, buscou Neymar para capitanear o projeto de expansão esportiva.

Em campo, Neymar e Cristiano Ronaldo reviverão os duelos travados no futebol espanhol, quando o brasileiro defendia o Barcelona. A diferença, agora, é que o astro da seleção de Tite terá papel de protagonista no embate. Antes, ele iniciava as disputas como um parceiro de luxo de Messi. Será seu primeiro grande desafio desde que mudou-se para Paris.

Prefeitura do Rio divulga balanço após último dia ...
Comlurb recolhe 486 toneladas de lixo em quatro di...