Prefeitura do Rio divulga balanço após último dia de desfiles na Sapucaí

Depois de quatro dias de desfiles de gente grande, na terça-feira de carnaval foi a vez do futuro do samba invadir a Marquês de Sapucaí. Dezesseis escolas mirins desfilaram no Sambódromo, e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estava lá para garantir a assistência à criançada. Os sete postos médicos montados na passarela do samba fizeram 67 atendimentos, entre integrantes das escolas e familiares que foram assistir à apresentação dos pequenos sambistas. Não houve transferências para hospitais. Ao todo, nos cinco dias de desfiles da Série A, do Grupo Especial e das escolas mirins, foram 1.878 atendimentos, número maior que o total de atendimentos registrados em 2017. 
 
A Vigilância Sanitária também continuou atuando no Sambódromo e realizou 42 inspeções em bares, food trucks, buffets, camarotes, ambulâncias, postos de saúde e condições de trabalho. Foram duas multas aplicadas e não houve interdição e nem inutilização de alimentos. Em todos os cinco dias de desfiles, o órgão manteve um estande na Sapucaí, para receber denúncias dos foliões em tempo real e orientá-los sobre a prevenção de riscos à saúde no período de folia. Ao todo foram feitas 409 inspeções, aplicadas 56 multas, inutilizados 137,5 kg de alimentos impróprios para consumo ou de origem indeterminada e feitas seis interdições. 
 
Com relação à limpeza das ruas, a Comlurb informa que foram 797 pessoas multadas, 655 por urinar em vias públicas e 142 por lixo descartado irregularmente, desde sexta-feira, 9/2, até hoje, 14/2. A multa por urinar em vias públicas é de R$ 560 e pelo descarte irregular de pequenos resíduos é de R$ 205. Cerca de 2 mil garis se revezam na manutenção dos logradouros públicos. É importante ressaltar que a rotina de limpeza cidade foi mantida, com a coleta domiciliar, remoção de entulho, limpeza de praia e limpeza de feiras livres ocorrendo normalmente.
 
A Prefeitura do Rio continua atuando fortemente para apoiar ações na área de Segurança Pública, mesmo não sendo atribuição do município. Guardas municipais e policiais militares que atuam no programa Rio+Seguro detiveram Eduardo Marcos Silvino dos Santos Júnior e um adolescente de 16 anos que roubaram uma bicicleta na noite de terça-feira, dia 13, na Rua Hilário de Gouveia, altura da Rua Toneleiros, em Copacabana. A equipe foi acionada pela vítima e imediatamente fizeram buscas na região, conseguindo deter a dupla e recuperar a bicicleta. A ocorrência foi registrada na 12ª DP (Copacabana). Com mais essa ocorrência registrada na terça-feira, chega a 180 o número de pessoas detidas pela GM-Rio durante o Carnaval.

Nas ações de ordenamento urbano, foram apreendidas cerca de mil bebidas diversas, incluindo 120 garrafas de vidro, quatro carrinhos, cinco botijões de gás, duas churrasqueiras e aproximadamente 200 Kg de carne durante o desfile do bloco “Giro de Arar”, no Centro, e também 132 doces e 62 maços de cigarro e sete isqueiros durante o desfile do bloco “Vagalume Verde”, no Jardim Botânico. As mercadorias foram encaminhadas para o depósito da Prefeitura e os perecíveis foram descartados. Na ação preventiva para o desfile da “Banda de Ipanema”, guardas municipais apreenderam um soco inglês com canivete com um ambulante sem autorização.
 
No Terreirão do Samba, um espaço da Secretaria Municipal de Cultura, Arlindinho e Mumuzinho foram as principais atrações da noite desta terça-feira, que recebeu 1.870 pessoas. Arlindinho cantou músicas autorais e lembrou sucessos do grupo Fundo de Quintal e do pai, Arlindo Cruz. Mumuzinho animou o público com seus hits, entre eles "Fulminante", "Fala", e sua nova música de trabalho "Dengo Nego". As Filhas do Samba abriram a festa na companhia do convidado  Marquinhos de Oswaldo Cruz. Hoje ainda tem festa no Terreirão, que recebe os grupos Bom Gosto e Fundo de Quintal para uma noite regada a muita música boa. O Grupo Arruda comanda a roda de samba ao lado do convidado Serginho Meriti. Mestre Odilon e companhia comandam a Bateria Terreirão, que contará com as vozes dos intérpretes consagrados Anderson Paz e Clóvis Pê.
 
SAÚDE
E a folia também continuou nas ruas, com os blocos que espalharam alegria pela cidade. Nos quatro postos montados pela Secretaria Municipal de Saúde no Centro e na Zona Sul, nas áreas que concentram a maioria dos blocos e público, 151 pessoas foram atendidas nesta terça-feira de carnaval. Dessas, 12 com quadros mais graves precisaram ser transferidas para hospitais da rede. A maioria dos foliões que procuravam assistência apresentavam mal estar principalmente devido à ingestão em excesso de bebidas alcóolicas, torções e pequenos traumas.
 
A Vigilância Sanitária também atuou nas ruas durante os desfiles dos blocos. Foram realizadas inspeções em 170 bares e restaurantes dessas vias, além de postos de saúde e ambulâncias que deram suporte aos grandes blocos. Foram aplicadas 34 multas e inutilizados 9 kg de alimentos, com interdição de sete estabelecimentos por falta de licença sanitária ou falta de higiene. 
 
SECRETARIA DE ORDEM PÚBLICA
O planejamento especial conta com 15 reboques e 25 agentes no período diurno, das 7h às 19h, e três reboques e cinco agentes no período noturno, das 19h às 7h. O objetivo é coibir os estacionamentos irregulares, dando fluidez ao tráfego e ao percurso dos foliões espalhados pela cidade. Está proibido o estacionamento em locais já regulamentados e nos definidos pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) por publicação. 
 
GUARDA MUNICIPAL
Desde sexta-feira, 9/2, as equipes da Guarda Municipal e da Coordenadoria de Gestão do Espaço Urbano (CGEU) apreenderam mais de dez mil produtos diversos, além de 250 Kg de carne e salsichão, que estavam sendo comercializados por ambulantes irregulares durante os desfiles dos blocos em todas as regiões da cidade. Além de promover o ordenamento urbano, a fiscalização também visa a segurança dos foliões e a mobilidade dos blocos.
 
A Guarda Municipal atua nesta Quarta-feira de Cinzas, dia 14, com 500 guardas em nove blocos de carnaval que desfilam no Centro, Lapa, Santa Teresa, Flamengo, Ilha do Governador e Barra da Tijuca. O esquema operacional permanece reforçado no entorno e dentro do Sambódromo para a apuração dos desfiles das escolas de samba do grupo especial.
 
FAZENDA
Na noite desta terça-feira, 13/2, os agentes da Coordenadoria de Gestão do Espaço Urbano (CGEU) realizaram ações de fiscalização. Nos blocos de carnaval na Zona Sul e no entorno do Sambódromo à noite, foram apreendidos 886 itens, entre eles 236 bebidas alcoólicas, 642 bebidas não alcoólicas, 01 botijão de gás, 01 caixa térmica, 02 carrinhos, 03 carroças e 38 garrafas de vidro.
 
PREVISÃO DO TEMPO
O centro de Operações da Prefeitura do Rio informa que a cidade entrou em estágio de atenção às 1h20 desta quarta-feira, dia 14/02, devido aos núcleos de chuva, associados à entrada de ventos úmidos que sopram do mar em direção ao continente, na cidade do Rio de Janeiro, e provocam pancadas de chuva com intensidade moderada a forte em diversos pontos da cidade, principalmente na Zona Oeste. A previsão para hoje é de pancadas de chuva fraca a moderada, e forte isolada, com raios e ventos. Acesse o nao http://bit.ly/rioemestagiodeatencao140218 para notícias sobre o clima em tempo real.
 
 
TERREIRÃO DO SAMBA
Ingressos para shows populares custam R$ 20, e moradores do Rio pagam meia entrada se apresentarem comprovante de residência ou o RG mostrando que são nascidos no Rio de Janeiro. Além de muita música, haverá distribuição de 15 mil preservativos. O Terreirão, vinculado à Secretaria Municipal de Cultura, fica na Rua Benedito Hipólito, 66, Praça Onze.
Horário de verão termina neste domingo; moradores ...
Um dos duelos mais aguardados da Liga, PSG x Real ...